Galeria de Arte Paulo Capelari homenageia Alice Brueggemann


A Galeria de Arte Paulo Capelari retoma o projeto Sala Especial com uma mostra dedicada à artista plástica Alice Brueggeman, no ano do centenário de seu nascimento.

A mostra reúne oito telas de diferentes momentos da trajetória da pintora e desenhista gaúcha, que fez parte da primeira geração de alunas mulheres do Instituto de Belas Artes de Porto Alegre, graduando-se em 1944. Suas obras evidenciam algumas características que a marcaram: predominância da figura feminina, uma certa dose de melancolia e densa introspecção.

Alice Ester Brueggemann nasceu em Porto Alegre em 10 de março 1917 e faleceu nesta mesma cidade em 22 de fevereiro de 2001. Foi pintora, desenhista e professora. Estudou pintura com Ado Malagoli, desenho e colagem com Luis Solari e serigrafia com Júlio Plaza. A partir da década de 50 passa a ser uma presença constante em salões e mostras da capital gaúcha. Desenvolveu sua carreira em uma época em que a atividade artística feminina era desacreditada, sendo uma das primeiras mulheres a se intitular "artista plástica profissional". Manteve por mais de quatro décadas um atelier em conjunto com a artista plástica Alice Soares durante muito tempo foi desenhista do Sesi.

Alice Brueggemann realizou inúmeras individuais no RS e no Brasil, participando também do Panorama da Arte Atual Brasileira, no Musei de Arte Moderna de São Paulo. Atuou decisivamente na vida cultural da cidade, tendo sido presidente da Associação Rio-Grandense de Artes Plásticas Francisco Lisboa (1964) e da Associação Cultural dos Ex-Alunos do Instituto de Artes (1986). A pesquisadora Neiva Bohns assim escreveu sobre seu trabalho:

"Suas obras foram sendo impregnadas por uma melancolia ímpar, por uma atmosfera onírica, que, na maturidade das últimas décadas, tornou-se metafísica. Dotou suas naturezas-mortas de tamanha imaterialidade, que delas parece emanar luz. Alguns de seus quadros são configurações de tal forma simbólicas que extrapolam a dimensão do visível. Passagem obrigatória para quem deseja tomar contato com a melhor parcela das artes visuais rio-grandenses (…)"

A Sala Especial em homenagem a Alice Brueggemann ficará em cartaz até o dia 08 de maio e poderá ser visitada de segunda à sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados das 10h às 13h, na Rua Cel. Bordini, 665), bairro Auxiliadora. A entrada é franca.

 Maiores informações: (51) 3312.8558 - www.paulocapelari.com.br

Por Silvia Abreu (MTB 86794)